ACNUR e OHCRH pedem que países não devolvam haitianos

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e o Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos (OHCHR, na sigla em inglês) divulgaram hoje declaração conjunta exortando os países a suspenderem todos os retornos involuntários para o Haiti, devido à situação prolongada de crise humanitária no país caribenho que foi abalado por um forte terremoto há um mês.

De acordo com o comunicado, feito durante o briefing de imprensa semanal no Palais dês Nations, em Genebra, o ACNUR e o OHCHR “pedem que todos os países não devolvam haitianos para seu país e continuem oferecendo proteção interina, com base em pressupostos humanitários”, “até que a situação se estabilize e as pessoas possam retornar com segurança” para o Haiti.

A porta-voz do ACNUR, Melissa Flemming, afirmou que a ajuda internacional ao desastre está “bem encaminhada” e ressaltou que “esforços de assistência e serviços ainda precisam chegar a uma significativa porção da população afetada”. Ela disse que “muitas pessoas ainda estão sofrendo com a falta de itens básicos, como abrigo, alimentos, água e atendimento médico”.

De acordo com as duas agências, mais de 1,2 milhão de pessoas perdeu suas casas como consequência do terremoto. “Estamos particularmente preocupados com o grande número de pessoas vulneráveis, incluindo feridos e crianças órfãs ou separadas dos familiares”, ressaltou Flemming.

Fonte: ACNUR

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: