Atentados deixam 40 mortos no Paquistão

Prmeiro ministro ordenou que incidente seja investigado (Foto: AP)

Pelo menos 40 pessoas morreram e 60 ficaram feridas em dois atentados suicidas neste sábado perto de um local de registro para deslocados internos no noroeste do Paquistão, informou a polícia do país.

As bombas foram detonadas em um espaço de minutos no centro de Kacha Pukha, nos arredores da cidade de Kohat.

O ataque acertou um grupo de deslocados internos que esperava pela distribuição de alimentos.

Mais de um milhão de pessoas tiveram que deixar suas casas na região tribal próxima à fronteira com o Afeganistão, onde o Exército paquistanês luta contra militantes islâmicos.

Um porta-voz da polícia local, Khalid Omarzai, disse que as explosões ocorreram quando os alimentos estavam sendo distribuídos.

Segundo o correspondente da BBC no Paquistão Aleem Maqbooi, as vítimas eram muçulmanos xiitas. O grupo sunita Lashkar-e-Jhangvi assumiu a autoria dos atentados.

O centro de Kacha Pukha oferece abrigo às pessoas que chegam do distrito de Orakzai, onde os militares vêm combatendo os militantes desde o fim do ano passado.

Cerca de 210 mil civis foram deslocados, incluindo quase 50 mil que fugiram de suas casas no mês passado, depois que a infantaria entrou na região.

‘Bárbaro’
O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, condenou os ataques e ordenou que a segurança seja reforçada para “proteger as pessoas de incidentes terroristas”.

As autoridades ordenaram que o incidente, descrito pelo ministro da Defesa Ahmad Mukthar como “altamente bárbaro e covarde”, seja investigado.

Em um comunicado distribuído pela agência de notícias Associated Press of Pakistan, ele disse que os terroristas querem desestabilizar o país, mas que todos os esforços serão feitos para eliminá-los.

Uma série de atentados a bomba no Paquistão atribuídos à al-Qaeda e a militantes do Talebã causaram a morte de mais de 3.200 pessoas em menos de três anos.

O presidente americano, Barack Obama, descreveu a área tribal na fronteira com o Afeganistão como o lugar mais perigoso da Terra.

Fonte: BBC Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: