Comerciantes criam “dia sem mexicanos nos EUA” para protestar contra lei

Foto: European Pressphoto Agency

Comerciantes da cidade de Nuevo Laredo, na fronteira do México com os Estados Unidos, divulgaram nesta quinta-feira o programa “Um dia sem mexicanos nos EUA”, protesto marcado para a próxima segunda-feira contra a questionada lei contra os imigrantes no estado americano do Arizona.

O líder da Câmara Nacional de Comércio (Canaco) de Nuevo Laredo, Emilio Girón, disse que o objetivo do programa é fazer com que os residentes mexicanos da região não visitem o país vizinho.

“Queremos que as autoridades americanas vejam que estamos unidos e que eles precisam de nós, tanto como força de trabalho como consumidores”, disse Girón.

No último passado 27 de abril a governadora do Arizona, Jan Brewer, aprovou a Lei SB1070, que entra em vigor no final de julho. A norma faz dos imigrantes ilegais criminosos e permite que a Polícia detenha sem ordem judicial qualquer pessoa, por conta de sua aparência ou por suspeita de que seja um imigrante.

Durante “o dia sem mexicanos”, os comerciantes entregaram panfletos nas imediações da Ponte Internacional Número Uno, que liga Nuevo Laredo a Laredo, no estado americano do Texas.

Girón explicou que a ideia é criar consciência entre a comunidade fronteiriça sobre a necessidade de demonstrar a unidade do povo mexicano contra das leis migratórias dos EUA.

O dirigente destacou que o convite para participação no projeto continuará durante este fim de semana, e a iniciativa começará a ser colocada em prática na segunda-feira pela manhã.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: