ACNUR envia, por avião, ajuda humanitária ao Uzbequistão

Fonte: ACNUR

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) despachou na manhã de hoje para o Uzbequistão, por via aérea, ajuda humanitária para as milhares de pessoas que estão fugindo da violência no sul do Quirguistão. Os primeiros dois vôos do ACNUR, carregando suprimentos humanitários desde os estoques centrais da agência Dubai, pousaram no aeroporto de Andijan às 11h e às 14h, horário local.

Os dois aviões de carga russos, Ilyushin-76, pertencentes à companhia Uzbek Air, levou 800 tendas leves, lençóis de plástico, mantas e esteiras para dormir com o fim de atender à crescente necessidade de abrigo dos refugiados que estão fugindo do Quirguistão. De acordo com as autoridades uzbeques, mais de 75 mil refugiados buscaram segurança no Uzbequistão desde a última sexta-feira.

Em estreita coordenação com as autoridades uzbeques, as tendas do ACNUR serão encaminhadas rapidamente para a região leste do país para ajudar a milhares de pessoas que tiveram que abandonar suas casas em Osh e outras cidades e vilarejos no sul do Quirguistão.

O Alto Comissário da ONU para Refugiados, António Guterres, comentou a chegada da primeira leva de ajuda do ACNUR. “Nós apreciamos a cooperação do governo Uzbeque para levar essa assistência vital àqueles que a necessitam,” disse. “Essa situação com os refugiados é dramática e está evoluindo rapidamente. A ajuda é urgentemente necessária.”

Os vôos dessa quarta-feira são os primeiros de seis, que irão entregar até o fim dessa semana mais de 240 toneladas de itens de socorro do ACNUR.

Os primeiros membros da equipe de emergência do ACNUR estão em Tashkent e Andijan e estão trabalhando com o governo no planejamento e distribuição da assistência enviada pela organização.

O ACNUR também está preparando um transporte aéreo separado para Osh, além do envio de uma equipe de emergência ao Quiriguistão, onde a violência que explodiu no dia dez de junho deixou vários mortos e provocou o deslocamento interno de cerca de 200 mil pessoas. Em Osh, o ACNUR abriu um armazém, e a ajuda inicial para duas mil pessoas está sendo entregue através dos parceiros no terreno.

Leia mais em:  www.acnur.org.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: