Refugees United anuncia parceria com a Ericsson, e projeto piloto em Uganda em parceria com ACNUR e MTN

Para divulgação imediata:

Novo aplicativo móvel ajuda a reunir refugiados
•    Tem como objetivo reaproximar anonimamente famílias e amigos separados devido a conflitos ou desastres naturais
•    Mais de 3 milhões de pessoas poderiam se beneficiar com esse projeto piloto
•    Projeto piloto foi lançado em Uganda e deverá ser expandido para outros países da região

Em apoio às centenas de milhares de refugiados que escaparam de áreas de conflito e desastres naturais, a Ericsson e a Refugees United, em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e a operadora de telefonia móvel MTN em Uganda, lançaram o primeiro projeto piloto para localizar e reaproximar famílias de refugiados e IDP (pessoas internamente deslocadas) através do uso inovador de comunicações móveis e da Internet.  

O programa permite que os refugiados usem telefones celulares para se registrarem, procurar por seus entes queridos, e subseqüentemente reaproximar-se deles através de uma base de dados anônima, usando SMS ou Internet móvel. As informações da base de dados são mantidas pela Refugees United, mas as informações registradas podem ser usadas para procurar refugiados, ONGs e organizações internacionais que cuidam de pessoas deslocadas, e usadas para colocá-las rapidamente em contato com seus entes queridos. Sem o programa, a localização de membros deslocados das famílias poderia muitas vezes levar vários anos se realizada segundo os tradicionais sistemas baseados em documentos de papel.  

A Refugees United também oferece o serviço através de computadores e da Internet, mas com mais de 5 bilhões de assinaturas de serviços móveis hoje no mundo o serviço através de telefones celulares é altamente relevante. Na África menos de 2% das pessoas têm acesso a computadores, se comparado a mais de 45% que possuem um telefone celular.

A maioria dos refugiados e IDPs vive em campos em consequência de guerras civis nos últimos 40 anos e, mais recentemente, de uma série de desastres naturais no leste da África. Além disso, há pessoas que não conseguiram obter o status de refugiado ou IDP e a população total de pessoas sujeitas à ação do ACNUR naqueles três países é de mais de dois milhões e meio de pessoas.  Não é incomum que um refugiado ou IDP passe mais de uma década nos assentamentos.
 
Kai Nielsen, representante do ACNUR em Uganda, disse que: “O ACNUR recebe de braços abertos esse novo método de reaproximar refugiados a seus amigos e famílias. O projeto piloto é um passo importante em direção a uma parceria global onde até mesmo as pessoas menos favorecidas do mundo poderão manter-se conectadas através de uma tecnologia inovadora e acessível.”
                                            
Christopher T Mikkelsen, Diretor da Refugees United: “Perder contato com seus entes queridos durante uma crise, mesmo por apenas um dia, pode ser prejudicial para o bem estar emocional e psicológico de uma pessoa. Através do projeto piloto desse programa de localização de famílias de refugiados baseado em tecnologias móveis, pretendemos equipar o ACNUR e outras ONGs com uma ferramenta potente e colaborativa, assim como capacitar os próprios refugiados para que se tornem mais ativos na busca por membros desaparecidos de suas famílias. Esperamos que no futuro esse serviço demonstre ser sustentável e possa estar disponível para todos os assinantes de serviços móveis em todos os lugares.”

Emmanual Jal, um músico sudanês e ex-criança soldado, confirma que “essa nova solução é um feito extraordinário. Quando ocorre um desastre, ser capaz de entrar em contato com entes queridos desaparecidos em questão de minutos é algo que não tem preço. Levei mais de 12 anos para contatar os membros da minha família. Penso agora nos inúmeros refugiados que poderão se reaproximar de seus entes queridos desaparecidos, em questão de dias. É um serviço absolutamente incrível!”

O Gerente Geral para Assuntos Corporativos e Jurídicos da MTN Uganda, Anthony Katamba, disse que: “Dedicamos grande atenção ao uso da tecnologia de telefonia celular para melhorar a sociedade como um todo. Nossa rede é usada para nos mantermos em contato com nossos entes queridos, para fazer negócios, para aprender e nos desenvolver usando dados e a Internet, e para muitos outros usos que melhoram nossas condições de vida. A partir de agora, os refugiados da região poderão reaproximar-se de seus entes queridos.”

Adem Sumertas, Gerente de País da Ericsson Uganda, disse que: “Desastres naturais e provocados pelo homem sempre farão parte de nossas vidas, e eles causam sofrimentos inimagináveis para seres humanos, tais como a separação de famílias de seus entes queridos. Na Ericsson, acreditamos piamente que o acesso às comunicações é um direito humano básico e tem o poder de ajudar a reduzir parte desse sofrimento. Esse projeto piloto afetará significativamente as vidas de milhares de pessoas, ao ajudar diretamente as pessoas a se reaproximarem de seus entes queridos.”

Ao oferecer o serviço, a Refugees United criará, manterá e atualizará a base de dados, enquanto que a Ericsson fornecerá a aplicação móvel, a tecnologia e a integração dos sistemas para implementar a aplicação nas redes móveis. A MTN hospedará e oferecerá o serviço em suas redes, e o ACNUR ajudará a implementar o projeto nos campos de refugiados em Uganda e no Quênia.   
                                                  
Notas para os editores:
Site móvel da Refugees United:
m.refunite.org

Ericsson
A Ericsson é a provedora líder mundial de tecnologias e serviços para operadoras de telecomunicações. A Ericsson é líder nas tecnologias móveis 2G, 3G e 4G, fornece suporte para redes com mais de 2 bilhões de assinantes, e ocupa posição de liderança no setor de serviços gerenciados. A carteira da empresa inclui infraestrutura de rede fixa e móvel, serviços de telecomunicações, softwares, e soluções para banda larga e multimídia para operadoras, empresas e a indústria de mídias. Os empreendimentos conjuntos Sony Ericsson e ST-Ericsson oferecem aos consumidores dispositivos móveis pessoais ricos em recursos.  
A Ericsson está promovendo sua visão de ser o “principal motor de um mundo totalmente conectado” através da inovação, tecnologia, e soluções corporativas sustentáveis. Ela opera em 175 países, possui mais de 80.000 funcionários, e gerou receitas de SEK 206.5 bilhões (US$ 27.1 bilhões) em 2009. Fundada em 1876, com sede em Estocolmo, na Suécia, a Ericsson é listada na Bolsa OMX NASDAQ, em Estocolmo, e na NASDAQ, em Nova York.
www.ericsson.com  
www.twitter.com/ericssonpress
www.twitter.com/ericssonsustain
www.facebook.com/technologyforgood
www.youtube.com/ericssonpress

PARA OBTER MAIS INFORMAÇÕES, CONTATE POR FAVOR
MWAMBU WANENDEYA 
Vice-Presidente e Chefe de Comunicações
Região Subsaariana da África
Fone: +27 11 844 2257
e-mail: rssa.corporate.communications@ericsson.com

Refugees United
A Refugees United é uma organização sem fins lucrativos da categoria 501(c)(3) que ajuda famílias de refugiados que perderam contato entre si durante a fuga de conflitos, com uma plataforma anônima para reaproximar as pessoas. Visite por favor www.refunite.org
Christopher T Mikkelsen
Diretor
Tel.:  +45 3127 3973
Email: cm@refunite.org
www.refunite.org
www.twitter.com/refunite
                        
ACNUR
O Escritório do Alto Comissariado para Refugiados das Nações Unidas foi criado no dia 14 de dezembro de 1950 pela Assembléia Geral das Nações Unidas. A agência tem a missão de liderar e coordenar os esforços internacionais para proteger refugiados e solucionar problemas associados aos refugiados no mundo todo. Seu principal objetivo é garantir os direitos e o bem estar dos refugiados. Ela esforça-se para assegurar que todos possam exercer o direito de obter asilo e encontrar um refúgio seguro em outro Estado, com a opção de retornar voluntariamente para suas casas, integrarem-se localmente ou se estabelecerem em um terceiro país. Ela possui também um mandato para ajudar pessoas sem Estado. Em mais de cindo décadas, a agência já ajudou dezenas de milhões de pessoas a recomeçarem suas vidas. Hoje, um staff de cerca de 6.600 pessoas em mais de 110 países continua a ajudar aproximadamente 34 milhões de pessoas.
Needa Jehu-Hoyah
 Oficial Adjunto de Relações Externas 
ACNUR Uganda
Tel.: +256 (0) 414 230 011
       +256 (0) 414 231 231
e-mail: jehuho@unhcr.org

Sobre o Grupo MTN
Lançado em 1994, o Grupo MTN é um grupo multinacional de telecomunicações, operando em 21 países da África, Ásia e Oriente Médio. O Grupo MTN é listado na Bolsa JSE Securities Exchange da África do Sul sob o código: “MTN”. No dia 31 de março de 2010, a MTN registrava 123.5 milhões de assinantes em todas as suas operações no Afeganistão, Benin, Botsuana, Camarões, Costa do Marfim, Chipre, Gana, Guiné Bissau, República da Guiné, Irã, Libéria, Nigéria, República do Congo (Congo Brazzaville), Ruanda, África do Sul, Sudão, Suazilândia, Síria, Uganda, Iêmen e Zâmbia. O Grupo MTN é patrocinador global da Copa do Mundo da FIFA 2010 na África do Sul™ e possui direitos exclusivos sobre conteúdos móveis para a África e o Oriente Médio. Visite www.mtn.com e www.mtnplay.com

Para obter mais informações, contate por favor: Halima Besisira  em +256 (0)31 212 1070 e por e-mail: besisih@mtn.co.ug

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: