Austrália: 27 mortos em naufrágio de barco com imigrantes

Fonte: AFP

Moradores e policiais tentam resgatar os náufragos

Pelo menos 27 imigrantes, entre eles várias crianças, se afogaram nesta quarta-feira depois que a embarcação na qual viajavam naufragou perto da Ilha Christmas, no noroeste da Austrália.

Quarenta e duas pessoas conseguiram sobreviver, informou a polícia da Alfândega em um comunicado, que indica ainda a continuidade das operações de busca e resgate.

“As primeiras informações registram 27 cadáveres recuperados até agora”, segundo o texto.

Informações preliminares, baseadas em testemunhas, indicavam a morte de 50 pessoas.

Os viajantes seriam de nacionalidade iraniana e iraquiana, segundo advogados especialistas na defesa de solicitantes de asilo.

A tragédia foi presenciada por habitantes da Ilha Christmas.

“Havia crianças no mar. Uma delas era muito pequena, com um colete salva-vidas, que boiava com o rosto na água, visivelmente morta”, contou em entrevista à rede Sky News o morador Simon Price.

Os habitantes disseram ter sido despertados na madrugada por gritos vindos do mar. Jogaram coletes salva-vidas na água, mas o vento os trazia de volta à praia. Logo se formaram mutirões para lançar cordas ao mar e tentar salvar os náufragos.

“Escutávamos os gritos”, declarou chorando Ingrid Avery à rádio Melbourne.

“Gritos, gritos, eu podia ouvir os gritos das crianças”, relatou.

Outra testemunha, Phillip Stewart, disse ter visto as pessoas que estavam se afogando e outras, que boiavam em meio aos destroços do barco, que bateu contra as pedras na costa da ilha.

A Ilha Christmas fica no Oceano Índico, a 2.600 quilômetros da costa ocidental da Austrália.

“Vimos como as pessoas se afogavam (…). Para piorar, elas eram empurradas contra as rochas”, indicou Stewart à Sky News.

A primeira-ministra australiana, Julia Gillard, cancelou suas férias e declarou que “o objetivo do governo e a absoluta prioridade agora são as operações de socorro, a recuperação e a atenção às pessoas feridas”.

Segundo testemunhas, a embarcação estava lotada de passageiros, a maioria famílias. Antes do barco naufragar, as pessoas pareciam doentes, deitadas sobre o convés.

Outro habitante da ilha, Michael Foster, declarou que os socorristas fizeram o melhor que podiam, mas as condições eram difíceis demais para que pudessem se aproximar dos náufragos.

Milhares de solicitantes de asilo vindos do Iraque, do Afeganistão e do Sri Lanka tentam chegar à Austrália a partir da Indonésia em barcos improvisados.

Em 2009, cinco refugiados afegãos morreram no mar, perto da Ilha Christmas, território australiano situado a 300 quilômetros da Indonésia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: