Inicia campanha para vacinar crianças contra sarampo na Libéria

Fonte: Rádio ONU

Segundo o Unicef, milhares não podem ter acesso integral aos serviços sociais em comunidades que albergam refugiados marfinenses.

Campanha de Vacinação

Uma campanha de vacinação contra o sarampo é lançada esta quarta-feira na localidade liberiana de Nimba, que acolhe mais de 30 mil dos refugiados marfinenses.

A populações fugiram da violência pós-eleitoral em Cote d’Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim. A situação de instabilidade foi desencadeada após o presidente-eleito, Laurent Gbagbo, ter-se recusado a deixar o poder após as presidenciais de 28 de novembro.

Partilha
A comunidade internacional reconheceu o seu rival, Alassane Ouattara, como presidente-eleito.

De acordo com a representante do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, na Libéria, Isabel Crowley,”num contexto é partilhado o mesmo espaço por várias pessoas, as comunidades não podem ter acesso integral aos serviços sociais.”

Perigo
Conforme referiu, a situação “coloca em perigo desde as comunidades locais às mais distantes.”

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que afecta principalmente às crianças. Os sintomas incluem febres e inflamação na pele, mas entre os malnutridos pode causar complicações como cegueira, diarreia grave e pneumonia.

A doença pode ser prevenida através da vacinação. A campanha, liderada pelo Ministério da Saúde da Libéria e apoiada pelo Unicef e OMS, pretende abranger crianças de idades compreendidas entre os cinco meses e os 15 anos, das comunidades de refugiados e anfitriãs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: