ONU pede proteção de civis em conflito na Cote d’Ivoire

Fonte: Rádio ONU

Situação de Vulnerabilidade

Em conversa telefônica com líder da oposição, Alassane Ouattara, Ban Ki-moon condenou onda de ataques no país africano.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou a violência, que pode ter matado centenas de pessoas na Cote d’Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim.

Segundo agências de notícias, os civis foram mortos numa ofensiva pelas forças do líder da oposição, Alassane Ouattara, na tentativa de conquistar a capital comercial do país, Abidjan. Mas simpatizantes dele negam as acusações.

Força de Paz
Ele é reconhecido pela comunidade internacional como ganhador das eleições presidenciais do ano passado, mas o presidente marfinense, Laurent Gbagbo, recusa-se a deixar o cargo.

Durante o fim de semana, Ban telefonou para Ouattara pedindo a proteção de civis no conflito.

Quatro soldados da força de paz da ONU no país ficaram gravemente feridos com o ataque praticado pelas forças leais ao Gbagbo. Os boinas-azuis foram levados para a clínica médica em Abdijan.

Na sexta-feira, a alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, pediu moderação ao lado de Ouattara dizendo que havia relatos de que eles tinham cometido sérias violações durante a ofensiva a Abidjan.

De acordo com agências de notícias, muitos moradores da cidade estão isolados sem eletricidade, abastecimento de água e alimentos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: