O drama dos chadianos na Líbia

Fonte: Euronews

Há cerca de uma semana 5500 cidadãos do Chade viviam no campo de refugiados de Shin, na Líbia

Antes do início das hostilidades, cerca de 400 mil chadianos trabalhavam em território líbio.

O seu governo, não os pode evacuar e eles não têm dinheiro para pagar a viagem de regresso a casa.

Aqui chegam diariamente entre 200 e 300 que a Cruz Vermelha Líbia tenta ajudar a chegar a Salloum, no Egito, próximo da fronteira.

O enviado da Euronews esteve no campo de refugiados de Shin:

“Estamos perto Bengasi, num campo onde estão alojados cerca de 1500 refugiados. Dentro em breve, quando forem transferidos para o Egito, vão enfrentar uma longa e difícil viagem”.

Cerca de 4000 já conseguiram partir para o Egito, pelo que 1500 ainda ali permanecem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: