Partido alemão acusa Itália de usar métodos mafiosos com refugiados

Fonte: AFP

Barco com imigrantes tunisianos chega ao porto italiano de Lampedusa

Um funcionário do alto escalão do partido conservador alemão, da chanceler Angela Merkel, acusou a Itália de usar métodos mafiosos na concessão de vistos a refugiados tunisianos.

Roma utiliza “métodos de chantagem que conhecemos unicamente na máfia”, declarou nesta quarta-feira Günter Krings, responsável pelas Relações Interiores do grupo parlamentar CDU/CSU, segundo o jornal Bild.

Para o secretário de Estado de Interior, Ole Schröeder, citado pelo mesmo jornal, os tunisianos, com os quais o governo italiano decidiu acordar um visto de residência de seis meses, que os permite se mover por todo o espaço Schengen, são “claramente refugiados econômicos”.

O ministro do Interior do estado regional da Baixa-Saxônia, Uwe Schünemann, pediu, por sua vez, que a UE retire as ajudas solicitadas por Roma para gerir a chegada de mais de 25 mil tunisianos que emigraram para a Itália desde o início de 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: