ACNUR e Humanitare realizam capacitação de jornalistas sobre refúgio e proteção internacional.

Fonte: ACNUR Brasil

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, oficina treinará profissionais da imprensa em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Manaus e Brasília.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e o Instituto Humanitare realizam, na próxima segunda-feira (23/05), a 1ª Oficina Nacional de Jornalismo sobre Proteção Internacional de Refugiados. Dividida em três módulos, a oficina será ministrada na sede do Humanitare, em São Paulo, com transmissão on-line para Rio de Janeiro, Porto Alegre, Manaus e Brasília – cidades onde o ACNUR implementa seus projetos. As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas a dez jornalistas por cidade. A oficina acontecerá das 9hs às 14hs.

A oficina reunirá especialistas brasileiros e estrangeiros, com a participação de dois refugiados (da Colômbia e da Sérvia) que vivem no Brasil. Serão esclarecidos aspectos técnicos sobre refúgio, apatridia e deslocamento interno, além de especificidades da cobertura jornalística sobre este tema. O presidente do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE) e secretário-executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Barreto, é o convidado especial da oficina.

“Vamos oferecer uma capacitação de alto nível para contribuir com o trabalho da imprensa dentro e fora das redações, oferecendo subsídios para o entendimento amplo de questões contemporâneas fundamentais”, explica o representante do ACNUR no Brasil e um dos palestrantes da oficina, Andrés Ramirez.

A 1ª Oficina Nacional de Jornalismo sobre Proteção Internacional de Refugiados se insere no calendário de comemorações do ACNUR em 2011, que neste ano celebra o 60º aniversário da Convenção da ONU sobre o Estatuto do Refugiado, o 50º aniversário da Convenção da ONU sobre a Redução da Apatridia e o 150º aniversário de nascimento de Fridtjof Nansen, o primeiro Alto Comissário para Refugiados da Liga das Nações.

Para Sheila Pimentel, presidente do Instituto Humanitare, a oficina irá “aproximar a sociedade civil e as Nações Unidas, por meio do ACNUR, propiciando uma maior conscientização e um novo olhar da sociedade para refugiados, apátridas e deslocados internos”.

As inscrições para a 1ª Oficina Nacional de Jornalismo sobre Proteção Internacional de Refugiados são gratuitas, e os jornalistas interessados devem enviar e-mail para institucional@humanitare.org solicitando sua ficha de inscrição. As vagas são limitadas a dez jornalistas por cidade (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Manaus).

Os locais da oficina são os seguintes:

● Em São Paulo: Instituto Humanitare (Avenida Paulista, 726, 17o andar).
● Em Brasília: ACNUR (Edifício Brasília Shopping, Torre Sul, Sala 801).
● No Rio de Janeiro: Centro de Informação das Nações Unidas (Palácio Itamaraty, Avenida Marechal Floriano, 196, Centro).
● Em Porto Alegre: Associação Antônio Vieira (Avenida Luiz Manoel Gonzaga, 700).
● Em Manaus: Secretaria de Justiça (Rua Gabriel Salgado, s/n, Centro – prédio anexo ao Palácio Rio Branco/Escola de Administração Penitenciária – 9º andar).

Para mais informações, entre em contato com as assessorias de comunicação do Instituto Humanitare (11.3254.7557) ou do ACNUR (61.3044.5744).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: