Descoberto no México túnel que seria utilizado por cartéis

Fonte: Exame

Por Renata Giraldi

A Secretaria de Defesa Nacional do México soube do fato através de uma denúncia anônima (Foto: John Moore/ Getty Images)


Segundo o exército mexicano, o objetivo com a construção era facilitar o tráfico de pessoas, drogas e armas para os EUA

Um túnel ainda em construção, com 5 metros de profundidade e 2 de diâmetro, ligando o México aos Estados Unidos, foi descoberto ontem (22) por militares do Exército mexicano. De acordo com as autoridades, o objetivo com a construção do túnel era facilitar o tráfico de pessoas, drogas e armas. As informações são da agência pública de notícias de Portugal, a Lusa.

A região fronteiriça entre o México e os Estados Unidos é controlada principalmente por dois cartéis de tráfico humano, de drogas e de armas – Los Zetas e El Golfo. A Secretaria de Defesa Nacional do México informou que a descoberta foi possível porque houve uma denúncia anônima.

“Não descartamos a possibilidade de os construtores do túnel pretenderem utilizá-lo para o tráfico de pessoas e drogas para os Estados Unidos, assim como de armas e dinheiro norte-americano para o México”, informou o comunicado divulgado pela secretaria.

No ano passado, um grupo de 72 imigrantes foi assassinado na região de Tamaulipas, uma das mais violentas do México. O crime foi atribuído ao cartel Los Zetas. No grupo havia quatro brasileiros. Segundo depoimentos, os imigrantes, a maioria da América Central, pretendiam passar pela fronteira mexicana para chegar aos Estados Unidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: