Colombianos reivindicam direitos através da música

Fonte: Fátima Missionária

Músicos de Buenaventura revelam nas suas músicas as dificuldades que atravessam diariamente na condição de refugiados internos. A localidade colombiana conta com mais de 75 mil deslocados

“Marcando Território” é o nome do grupo de músicos, formado por 27 jovens afro-colombianos, que recorrem à música para exprimir as dificuldades que atravessam enquanto deslocados. Ubaldino, de 28 anos de idade, conta: “As pessoas eram ameaçadas. Quem não se submetia à vontade das forças armadas ilegais tinha um fim previsível. Era mais fácil fugir, perder a colheita e começar tudo de novo noutro lugar”.

“Território é vida e a vida não é possível sem território”, ouve-se numa das músicas. Muitos dos jovens perderam os seus pais e lutam para sobreviver. Nem todos conseguiram acabar os estudos; apenas conseguem trabalhos temporários não qualificados. “Eu toco desde que tenho oito anos. A primeira vez que me desloquei, tive que dormir debaixo de uma árvore e ter uma dieta à base de pão e água”, explica Angel, líder da banda, segundo o site do ACNUR, agência das Nações Unidas para os refugiados.

Buenaventura, região do centro oeste, conta com mais de 75 mil colombianos deslocados. Recorda-se que a Colômbia é um dos países com mais refugiados internos, devido ao conflito interno que dura há décadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: