Colombianos reivindicam direitos através da música

Fonte: Fátima Missionária

Músicos de Buenaventura revelam nas suas músicas as dificuldades que atravessam diariamente na condição de refugiados internos. A localidade colombiana conta com mais de 75 mil deslocados

“Marcando Território” é o nome do grupo de músicos, formado por 27 jovens afro-colombianos, que recorrem à música para exprimir as dificuldades que atravessam enquanto deslocados. Ubaldino, de 28 anos de idade, conta: “As pessoas eram ameaçadas. Quem não se submetia à vontade das forças armadas ilegais tinha um fim previsível. Era mais fácil fugir, perder a colheita e começar tudo de novo noutro lugar”.

“Território é vida e a vida não é possível sem território”, ouve-se numa das músicas. Muitos dos jovens perderam os seus pais e lutam para sobreviver. Nem todos conseguiram acabar os estudos; apenas conseguem trabalhos temporários não qualificados. “Eu toco desde que tenho oito anos. A primeira vez que me desloquei, tive que dormir debaixo de uma árvore e ter uma dieta à base de pão e água”, explica Angel, líder da banda, segundo o site do ACNUR, agência das Nações Unidas para os refugiados.

Buenaventura, região do centro oeste, conta com mais de 75 mil colombianos deslocados. Recorda-se que a Colômbia é um dos países com mais refugiados internos, devido ao conflito interno que dura há décadas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: