Síria: Cruz Vermelha exige acesso a aldeias fronteiriças

Fonte: Euronews

A  repressão das revoltas na Síria ameaça criar uma crise humanitária junto à fronteira com a Turquia.

Ancara começou a fornecer assistência aos refugiados sírios que se encontram do outro lado da fronteira.

Damasco lançou nas últimas horas uma operação do exército para bloquear várias aldeias assim como as estradas de acesso à Turquia.

O Crescente Vermelho turco garante que não ultrapassou a fronteira, onde centenas de refugiados continuam a afluir nas últimas horas.

Mais de 10 mil estão albergados nos campos de refugiados em território turco.

O presidente da Cruz vermelha internacional, Jakob Kellenberger, chega hoje a Damasco para tentar obter o acesso das equipas humanitárias às aldeias fronteiriças.

Entretanto, o regime sírio lançou uma operação nas últimas horas para isolar várias aldeias.

Segundo alguns habitantes, o exército teria cercado a povoação de Badma obrigando ao encerramento de todos os comércios locais.

Desde há semanas que centenas de habitantes se escapam da repressão levada a cabo pelos soldados sírios, acusados de semearem o terror na região.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: