Programa do ACNUR fornece capacitação profissional a jovens somalis

Fonte: ACNUR Brasil

 

Um dos muitos assentamentos para pessoas deslocadas em Galkayo. O ACNUR tem um programa de capacitação profissional para jovens que vivem nesses locais (Foto: R. Gangale/ ACNUR)

Há quase um ano, a vida de Barre Abdirahman, 18 anos, era uma constante luta pela sobrevivência. O jovem morava na cidade de Baidoa, no centro da Somália. Oportunidades escassas de emprego, intensos conflitos e a ameaça da seca levaram a população à pobreza e a um futuro obscuro.

“Lá eu não tinha vida boa, só um monte de problemas”, disse Barre a membros do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR), que visitaram recentemente Galkayo, cidade localizada ao norte de Baidoa, na região somali de Puntland. Ele fugiu para Galkayo em busca de um futuro melhor e diz ter recuperado a esperança por meio de um programa de treinamento organizado pelo ACNUR e financiado pelo governo do Canadá.

Barre disse que encontrar trabalho em Baidoa era uma tarefa desesperadora. “Você tinha que conhecer alguém que iria ajudá-lo a começar nesse trabalho, e depois dar-lhe algum dinheiro, como sinal de gratidão. Minha família tinha pouco dinheiro; meus pais ganhavam, cada um, três dólares por dia para lavar e passar roupas – o que era insuficiente para satisfazer as nossas necessidades básicas. ”

Quando o jovem foi para Galkayo, deixou para trás seu irmão, irmã e os pais. Cinco dias de ônibus e oito dólares depois, ele conseguiu chegar à cidade. No início, foi morar com uma tia que agora vive no campo de Al Aamin, para pessoas deslocadas internamente.

Sua iniciativa foi logo recompensada, já que Barre foi um dos 40 jovens selecionados para participar de um programa de treinamento profissional com duração de cinco meses. O ACNUR e seu parceiro local, o Centro de Educação Galkayo para Paz e Desenvolvimento, visitou os campos de deslocados internos em toda a região de Galkayo para encontrar os candidatos adequados.

Muitos deles tinham empregos mal remunerados, como engraxates ou catadores de lixo, mas não tinham condições de manter sua subsistência a longo prazo. Durante o curso que terminou no início deste mês, Barre e seus colegas aprenderam novas técnicas, como solda e carpintaria. Cada participante recebeu as ferramentas básicas, essenciais para ajudá-los a manter o trabalho e criar seus próprios negócios.

“O curso mudou a minha vida de muitas maneiras”, disse Barre. “Eu venho de uma família pobre como muitos outros jovens no campo, mas estou determinado a ser bem sucedido. Eu sonho em ter minha própria oficina onde eu possa praticar minhas habilidades de soldagem. Ele acrescentou que,  a partir do momento em que consiga levantar mais dinheiro, “com certeza vou trazer a minha família para cá e dar a eles uma vida melhor. Serei eternamente grato por esta oportunidade”.

Bruno Geddo, representante do ACNUR na Somália, saudou o impacto positivo do programa. “O aprendizado de novas habilidades é uma maneira eficaz de capacitar jovens da Somália, a fim de garantir um futuro melhor para o país. Esses jovens, que poderiam ter sido vítimas de contrabandistas ou piratas, têm um novo futuro e estão determinados a ser a força que irá mudar o país”, disse ele.

O programa busca dotar os participantes com habilidades facilmente aplicáveis​​, que lhes permitam gerar renda para seu sustento e o de suas famílias. A iniciativa também fornece uma base social para conscientização, proteção e geração de trabalho em várias áreas.

Existem atualmente quase 140 mil deslocados internos em Puntland, sendo que 60 mil deles vivem em 21 assentamentos em Galkayo. Enquanto isso, a seca e o conflito no centro e sul da Somália continuam levando milhares de pessoas a fugir para o país vizinho, Quênia.

Por Faith Kasina em Galkayo, Somália

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: