Crianças de Gaza estabelecem recorde de pipas voando

Fonte: Reuters Brasil

 

Cerca de 15 mil crianças colocaram pipas e papagaios no ar na Faixa de Gaza nesta quinta-feira, estabelecendo um novo recorde mundial do maior número de pipas voando simultaneamente e suscitando aplausos no enclave palestino, mais acostumado com a pobreza e os conflitos. 28/07/2011 (Foto: Mohammed Salem/ Reuters)

Cerca de 15 mil crianças colocaram pipas e papagaios no ar na Faixa de Gaza nesta quinta-feira, estabelecendo um novo recorde mundial do maior número de pipas voando simultaneamente e suscitando aplausos no enclave palestino, mais acostumado com a pobreza e os conflitos.

O evento aconteceu numa praia, dentro do raio de visão de uma imponente usina elétrica israelense do outro lado da fronteira, apesar da depredação cometida durante a noite de instalações montadas por uma agência humanitária da ONU.

Chris Gunness, porta-voz da UNRWA (Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Oriente Médio), disse que até agora foram contabilizados pelo menos 13 mil papagaios colocados no ar e que o número final será divulgado na sexta-feira.

“As crianças quebraram o recorde hoje, foi lindo”, disse Julia Hurley, membro de um grupo de visitantes à Faixa de Gaza que foram para atestar o recorde.

O recorde anterior, 10.465 papagaios, foi marcado em abril em Weifang City, na China, de acordo com o livro dos recordes Guinness.

Vândalos depredaram um centro para jovens da UNRWA na Faixa de Gaza horas antes da tentativa de quebrar o recorde das pipas, disseram um porta-voz da agência e testemunhas, mas isso não impediu as pessoas de encher o céu mediterrâneo azul com suas pipas.

De acordo com a agência, dez pessoas, até agora não identificadas, incendiaram um palco montado na instalação “Jogos de Verão”, queimaram uma bandeira da ONU e danificaram um outdoor. Ninguém ficou ferido.

A UNRWA presta assistência aos refugiados palestinos das guerras com Israel, além de seus descendentes, que compõem cerca de metade da população da Faixa de Gaza, de 1,5 milhão de habitantes.

As escolas da UNRWA, em que meninos e meninas estudam juntos, já provocaram reações negativas no enclave governado pelo Hamas, e dois anos atrás suspeitos atiradores islâmicos atearam fogo a uma instalação administrada pela ONU em Gaza.

(Por Nidal al-Mughrabi)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: