ONU preocupada com situação de Direitos Humanos no Iraque

Fonte: Rádio ONU

Por Yara Costa

Situação de mulheres e crianças no Iraque piorou, segundo ONU

De acordo com relatório, divulgado nesta segunda-feira, 3 mil civis foram mortos durante onda de violência em 2010.

Um documento da ONU, sobre a situação no Iraque ao longo de 2010, alertou que a violência armada e violações “silenciosas”  dos direitos humanos continua afetando grande parte da população.

O relatório, divulgado nesta segunda-feira pela Missão de Assistência da ONU para o Iraque, Unami, e pelo Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos, analisou o impacto dos conflitos armados e violência contra civis, e a proteção dos direitos de grupos específicos.

A situação dos direitos das mulheres piorou em 2010 e as crianças continuam sendo vítimas de violência e conflitos armados, em alguns casos, sendo até recrutadas para cometer atos de violência, revela o relatório.

3 mil mortes
De acordo com a Unami e as estimativas do governo, cerca de 3 mil civis foram mortos durante a onda de violência em 2010, em grande parte cometida por insurgentes armados e grupos terroristas.

A situação dos direitos políticos no país, incluindo a liberdade de reunião e de expressão, também foi discutida. “A violência armada continua tendo um impacto negativo na infra-estrutura civil”, observa o documento.

O relatório observou uma melhora nas condições físicas das instalações de detenção e prisões,  mas alerta que os incidentes de abuso e tortura ainda são constantemente relatados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: