Violência na Síria já causou 2,9 mil mortos, diz ONU

Fonte: Rádio ONU

By Eleutério Guevane

Protestos no país duram meses

São 200 a mais que o indicado nos últimos relatos recebidos pelo Alto Comissariado de Direitos Humanos; dado foi divulgado dois dias após uma resolução do Conselho de Segurança condenando as mortes ter sido vetada por China e Rússia.

O número de mortes devido aos violentos confrontos entre forças do governo e manifestantes pró-democracia na Síria subiu para 2,9 mil.

A informação foi dada, nesta quinta-feira, em Genebra, pelo Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU.

Manifestações
Os novos dados baseiam-se em listas de nomes recolhidos na Síria, segundo o porta-voz do Alto Comissariado,  Rupert Colville. São 200 mortos a mais que o último relato.

A violência política na Síria começou em meados de março, quando manifestantes saíram às ruas para pedir reformas no governo do presidente Bashar al-Assad. O movimento fez parte da chamada “Primavera Árabe”, que levou a mudanças de regime na Tunísia, no Egito e na Líbia.

O aumento no número de mortos foi anunciado dois dias após o Conselho de Segurança da ONU ter vetado uma resolução condenando a violência na Síria.

O texto foi rejeitado pela Rússia e pela China.

O Secretário-Geral, Ban Ki-moon, lamentou que os membros do Conselho não tenham sido capazes de chegar a um acordo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: