Templo budista recebe desabrigados por inundações na Tailândia

Fonte: G1

Templo budista virou abrigo na capital Bangcoc. (Foto: Pornchai Kittwongsakul/ AFP)

Inundações são consideradas as piores no país em 50 anos. Até agora, são mais de 350 mortos e 113 mil pessoas desabrigadas.

Um templo budista foi transformado em abrigo para os desabrigados pelas inundações em Bangcoc, na Tailândia. Neste sábado (29), o primeiro-ministro do país, Yingluck Shinawatra, disse que a inundação na capital deve começar a diminuir em breve.

O alagamento do planalto central da Tailândia avançou na sexta-feira com direção ao centro de Bangcoc, inundando mais áreas do norte e leste situadas nas margens do rio Chao Praya, que foram abandonadas por muitos moradores.

O governador de Bangcoc, Sukhumband Paribatra, afirmou que as inundações se estenderam além dos três distritos do leste e os quatro da periferia ao norte, estes últimos foram esvaziados esta semana quando o nível de água superou um metro de altura.

Passageiros no Aeroporto de Suvarnabhumi, em Bangcoc, neste sábado. Inundações estão obrigando muitas pessoas a deixar a capital. (Foto: Bazuki Muhammad/ Reuters)

Milhares de pessoas abandonaram Bangcoc porque o governo decretou cinco dias de férias por emergência. Vários governos, incluídos os da Espanha, Reino Unido e Alemanha, aconselharam seus cidadãos a adiar as viagens para Bangcoc e outras províncias afetadas.

Estas inundações são consideradas as piores no país em 50 anos, e já causaram 377 mortos e obrigaram mais de 113 mil pessoas a buscar refúgio em centros improvisados de amparo.

O custo econômico do desastre ultrapassará US$ 6 bilhões. O problema começou em julho, com o transbordamento de rios e pântanos do norte e da região central, por causa das fortes chuvas da monção e três tempestades tropicais consecutivas.

O número de pessoas afetadas pelas inundações supera 2,5 milhões e pelo menos 700 mil receberam atendimento médico por causa de infecções e outras doenças contraídas no contato ou consumo de água contaminada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: