ACNUR teme aumento exponencial de refugiados sírios na Jordânia

agosto 29, 2012

Fonte: ACNUR Brasil

Menino recém-chegado ao campo Za’tari, na Jordânia. A família deixou o distrito de Daara, na Síria, em virtude da violência. (Foto: A. Eurdolian/ ACNUR)

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados afirmou nesta terça feira que o número de sírios que deixaram o país em direção ao campo de Za’atri, na Jordânia, duplicou em comparação com a semana passada.

A porta-voz do ACNUR Melissa Fleming disse a jornalistas em Genebra que “aproximadamente 10 mil pessoas cruzaram a fronteira entre os dias 21 e 27 de agosto, sendo que na semana anterior foram registradas 4.500 pessoas”. Mais de 22 mil sírios estão alojados em Za’atri desde a abertura do campo, em 30 de julho.

Continue lendo »


Em direção ao mar por um futuro melhor

dezembro 28, 2011

Fonte: Rádio Nederland Wereldomroep Brasil

Por Lex Rietman

Foto: L. R.

O centro de refugiados em Ceuta, um enclave espanhol no Marrocos, está novamente lotado nas últimas semanas. Os africanos descobriram uma nova maneira para chegar até lá: nadando ao redor da cerca da fronteira com vários outros refugiados de uma vez, pois isso diminui as chances de serem pegos.

O crepúsculo cai sobre o campo de refugiados de Ceuta. O sol se põe cedo nesta tarde de inverno, mas ainda há luz suficiente para poder apreciar a vista desta cidade-fortaleza espanhola na costa norte do Marrocos. Aos nossos pés está a cidade, à esquerda o Estreito de Gibraltar. Do outro lado os últimos raios de sol dão um brilho dourado aos penhascos. Lá começa a rica Europa – um pretensioso filme hollywoodiano não poderia pensar numa imagem mais clichê.

Continue lendo »


‘Comida era mais importante que Deus. E boa noite de sono’

dezembro 13, 2011

Fonte: Veja

Por Cecília Araújo

Youk Chhang no laboratório de fotografia do Museu do Genocídio Tuol Sleng (Foto: Jonh Vink / Centro de Documentação do Cambodia)

Sobrevivente do massacre de 2 milhões de pessoas nos anos 1970 no Camboja, Youk Chhang lembra a tragédia pessoal e conta como convive com os traumas

Youk Chhang tinha apenas 13 anos quando o regime do partido comunista Khmer Vermelho (1975-1979), chefiado pelo lendário Pol Pot, foi instaurado no Camboja. Daquela época, tudo o que ele lembra é que era forçado a trabalhar de forma desumana e passar muita fome. Os líderes do governo, cujos nomes foram mantidos em segredo por dois anos, fizeram do país um grande centro de detenção, que depois se transformou em um verdadeiro cemitério. Repressões e massacres causaram a morte de cerca de 2 milhões de pessoas – o equivalente a 20% da população na época. Bastava contrariar os ideais do regime para ser assassinado a sangue frio(relembre os fatos que antecederam o genocídio em quadro no fim da reportagem). Vendo todos os seus parentes serem mortos, a mãe de Chhang convenceu o filho a fugir pela fronteira, em 1979, e tentar asilo nos Estados Unidos. O cambojano só retornou em 1992, para ajudar as Nações Unidas a supervisionar as fraudulentas eleições. Desde então, ele começou um incansável trabalho de coleta de documentos e fotografias da época da Kampuchea Democrática, para alertar as novas gerações e ilustrar sua luta contra a impunidade.

Continue lendo »


Crise humanitária se instala na fronteira do Acre com a Bolívia

dezembro 12, 2011

Fonte: Terra Magazine

Por Luciano Martins Costa e Altino Machado

Unflor nos braços da mãe Alda

Unflor completou dois anos de idade na semana passada, ganhou uma festa com bolo e presentes, mas ninguém sabe onde e em que condições ela vai viver seus próximos dias.

Unflor é uma das quinze crianças que vivem ao redor da praça central de Brasiléia (AC), na fronteira do Brasil com a Bolívia, entre os mais de 700 refugiados haitianos.

Continue lendo »


Muro que separa EUA do México será estendido 100 m para dentro do mar

dezembro 5, 2011

Fonte: BBC Brasil

Nova cerca entre Tijuana e San Diego terá 2,5 metros de altura a mais que a existente hoje (Foto: M. T. Fernandez)

O governo dos Estados Unidos está construindo uma prolongação do muro localizado na fronteira com o México que entra quase cem metros dentro do mar.

Os trabalhos de ampliação ocorrem nas praias de Tijuana (México) e San Diego (Califórnia, EUA), o ponto mais ocidental da fronteira entre os dois países.

Continue lendo »


Turquia não descarta zona tampão no caso de chegada em massa de sírios

novembro 29, 2011

Fonte: AFP

(Arquivo) Davutoglu em coletiva de imprensa em novembro de 2011 (Fonte: Adem Altan/ AFP, File)

O governo da Turquia pode decidir criar uma zona tampão na fronteira com a Síria no caso de grande fluxo de refugiados, afirmou o chanceler turco Ahmet Davutoglu.

“Se milhares de pessoas fugirem para nossa fronteira, isto criaria uma situação diferente. Poderíamos adotar medidas com a comunidade internacional”, declarou o ministro ao canal privado 24.

Continue lendo »


Argélia impede 30 oficiais de Gaddafi de entrar no país, diz jornal

setembro 4, 2011

Fonte: R7

País vizinho teria negado asilo político a altos funcionários do regime do ditador

Autoridades da Argélia se negaram nesta semana a conceder asilo político à pelo menos 30 oficiais do regime do ditador líbio Muammar Gaddafi e os impediram de atravessar a fronteira, informou neste domingo (4) o jornal argelino El Jabar.

Continue lendo »